Dilatação e Contração das Pupilas

2ª Edição Revista e Atualizada.


"NÃO É SÓ A LUZ QUE AFETA AS PUPILAS" 
PUPILAS CONTRAÍDAS: Raiva, e  Falta de interesse.
PUPILAS DILATADAS: Interesse, Medo e Excitação.


As pupilas exercem uma função especial dentro do estudo científico da Linguagem Corporal. A dilatação e a Contração das pupilas é realizada através do estado emocional em que a pessoa esteja. Não é somente a luz, a causadora de sua dilatação ou contração. Até mesmo na hora da excitação ela está envolvida. Em determinadas condições de iluminação elas se contraem e se dilatam, quando nos excitamos, também ocorre o mesmo. 

As pupilas podem chegar até 3 vezes mais o seu tamanho normal, ao estarmos diante de pessoas atraentes e que nos interessam. As pupilas também se dilatam ao estarmos diante de algo que nos estimula, algo positivo e alegre. Da mesma forma, se contraem ao estarmos num estado de espírito negativo. Quando sentimos medo, as pupilas se dilatam para podermos enxergar melhor rotas de fuga. 

Em resumo, tudo aquilo que gera sensações emocionais positivas, as pupilas tendem a crescer, e tudo aquilo que nos fazem ficar em um estado emocional negativo, tendem a diminuir.

Abaixo, qual foto é mais atrativa e que chama mais a atenção?


Geralmente você escolheu a da direita. Pois suas pupilas estão dilatadas. O olhar da pupila dilatada nos permite um olhar sensacional de atratividade. Isso é registrado no cérebro humano. Por esse motivo,  muitas bonecas que são vendidas, são fabricadas com as pupilas dilatadas propositalmente, pois chamam a atenção inconscientemente da criança.


Pesquisas e vários estudos descobriram que as pupilas das pessoas se dilatam ao ver imagens eróticas do sexo oposto e se contraem ao ver imagens do mesmo sexo, a menos que sejam homossexuais. Fotos de mães com bebês da mesma forma se dilataram no momento em que as mulheres observaram. Tudo que nos estimula positivamente, as pupilas se dilatam. 

O gesto da pupila contrair, é chamado de meiose. O processo da pupila se dilatar é chamado de midríase. 

Todo medo é uma reação fisiológica do corpo onde nossas amídalas ficam ativas para reagir a algo que não queremos que aconteça ou por alguma ameaça. Com o medo vem também o estresse. Os músculos ficam enrijecidos e tensionados (acumulo de energia nervosa) Com isso creio também que o medo ao dilatar as pupilas ampliando o campo de visão, faz também com que o nervosismo ao mesmo tempo limite a visão e o tempo de reação ( tem a ver com o sistema nervoso autônomo simpático que reagem em situações de estresse), esse comportamento depende do padrão e do tipo comportamental da pessoa e de sua vivência ( se é rude, tímida, agressiva e etc. ) 

Passando isso, vi uma vez em um site, que ensina coisas sobre linguagem corporal de que a raiva dilata as pupilas. Não! a raiva não dilata as pupilas. Diante essa emoção (como já vi em muitas pessoas) ela se contrai fortemente (dependente do grau e o estágio da emoção). Quando estamos com raiva é clássico focarmos os nossos olhares a pessoa e ela muitas vezes assustada com os olhares da pessoa nervosa,  dizer “ele lançou aquele olhar fulminante…" 

Tenha em mente que sempre teremos que interpretar de modo diferente. A causa da meiose e midríase em estados de emoções pode ter uma porção significativa relacionada a luz ambiente. Interprete os gestos em grupos gestuais e se atenha sempre em observar os processos cognitivos.

Bruno Santos da Silva 
Especialista em Linguagem Corporal e Micro Expressões

8 comentários:

  1. Fiz o teste com meu namorado, muito bom, hehe, como já disse e repito: PARABENS!!!

    ResponderExcluir
  2. esses dias atrás reparei que um rapaz que conheço há muito tempo olha fixamente para mim com as pupilas enormes no momento achei ate estranho , mas agora me pergunto sera que ele esta apaixonado

    ResponderExcluir
  3. E se a pessoa possui olhos escuros (castanhos), como podemos perceber se as pupilas estão dilatadas. Dá pra ver?

    ResponderExcluir
  4. Pois é... tbm queria saber ..para quem tem olhos escuros... e brilhantes... fica dificil

    ResponderExcluir
  5. Fica difícil cortar o hate amigo...
    Mas pupilas se dilatam quando estamos estressados também, uma pessoa não reage de uma só forma, menos ainda todas elas reagiriam da mesma forma.
    Determinismo destrói a qualidade de muita coisa. Isso ainda piora quando alguém "acha" alguma coisa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, obrigado pela sua contribuição. Porém é fácil identificar. Se publicasse seu nome, poderíamos conversar, mostrando as evidências científicas, do que digo ser verdade. É fácil. Procure, David Cohen, Alan Pease, Joe Navarro e o próprio Paul Ekman. Será que estes renomados cientistas também estavam no determinismo? Destruíram a qualidade de seus anos de pesquisas? Será que todas suas pesquisas foram embasadas no "acho"? É batata.... Pupila Dilatada (Reação atraente, atrativa) Pupila Contraída (Estreita campo de visão (Emocional) Raiva, desagrado, coisas e situações que eleva a taxa de fluxo sanguíneo (Pressão). É só compararmos os estudos... Entretanto, as pupilas em estresse sim se dilatam, isso não foi negado no artigo!!! Foi o que eu disse em meu artigo!!! O que eu disse é que pessoas falam que na emoção específica da raiva, as pupilas SE dilatam (ISSO É ERRADO). Porém temos que intervir na interpretação de seu comentário. Existem vários tipos de estresse. Estresse motivado pela raiva, pelo medo, e etc. Pela raiva, obviamente esse estresse, nosso processo normal é a pupila se contrair. Estresse motivado pelo medo, obviamente é dilatar... Como você disse temos que tomar cuidado, para não cortar o hate... Abraços e estou a disposição.

      Excluir
    2. É por isso que sempre é necessário observar o conjunto.

      Excluir

Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, termos agressivos, propaganda comercial, ou comentários desnecessários sem conteúdo. Para o envio de mensagens pessoais para o autor, utilize o e-mail. Caso haja erro no processamento na página ou vídeo com a análise ou artigo, deixe seu comentário para manutenção imediata.